HORA CERTA:

NÍVEL DA REPRESA: 63,20%

TEMPERATURA: 27°C

Após ação do MPT que resgatou 271 trabalhadores, João Pinheiro vira destaque no Fantástico mais uma vez

Foto: Reprodução Fantástico – TV Globo

A cidade de João Pinheiro foi destaque mais uma vez no Fantástico, programa dominical da Rede Globo. Na exibição de ontem, foi ao ar o resgate de 271 trabalhadores que viviam em situação análoga à escravidão em uma fazenda de cana-de-açúcar arrendada à WD na zona rural do município.

Vindos, a maioria, do nordeste, os trabalhadores tiveram o contrato de trabalho rescindido e a WD realizou o pagamento de todas as verbas rescisórias, além de indenização por sujeitá-los a situação análoga à escravidão. A equipe, coordenada pelo auditor Humberto Camasmie, fiscalizou três fazendas arrendadas pela usina WD Agroindustrial. No local, não havia espaço adequado para refeições. A água era pouca, e todos os trabalhadores bebiam no mesmo garrafão sujo.

A fiscalização encontrou 26 infrações trabalhistas. Há irregularidades em todos os alojamentos, que estão espalhados pelos municípios da região. O quarto dos trabalhadores não tinha o básico para se viver. Não havia cama ou móveis — as pessoas tinham que pendurar suas roupas em pregos ou guardá-las em sacolas.

“A gente recebeu a notícia que tinha uma oportunidade de emprego aqui. Aí a gente resolveu vir para cá́. Chegamos aqui, não era o que a gente esperava”, explica o trabalhador Cássio Jesus de Souza.

As vítimas do trabalho escravo no Brasil têm um perfil definido: quase metade delas são nascidas no Nordeste e pelo menos 80% dos resgatados se declaram pardos ou pretos.

Fonte: JPAGORA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados