HORA CERTA:

NÍVEL DA REPRESA: 66%

TEMPERATURA: 28°C

Assassino de criança de 4 anos em Patos faz live se gabando de crimes e é morto com 15 tiros em Paracatu

Corpo foi encontrado em um matagal em Paracatu. PM informou que rapaz foi responsável por assassinar por engano um menino de 4 anos que brincava na frente da casa de um amigo em Patos de Minas.

Criança de 4 anos foi morta a tiros em Patos de Minas — Foto: Maurício Rocha/Patos Hoje

Um rapaz de 17 anos foi assassinado com cerca de 15 tiros na tarde de segunda-feira (30) em Paracatu. Segundo a Polícia Militar (PM), ele é o responsável por matar uma criança de 4 anos e um homem de 21 em Patos de Minas.

A PM informou ainda que antes de morrer ele fez uma live nas redes sociais se gabando dos crimes cometidos. O corpo dele foi encontrado jogado em uma área de matagal próximo ao Bairro Chapadinha.

O crime em Patos de Minas ocorreu no Bairro São José Operário, no dia 21 de outubro. O menino de 4 anos morreu baleado e segundo a PM, o alvo original dos tiros era o jovem de 21 anos, que também foi atingido e morreu no hospital.

A polícia disse ainda que a criança estava na frente da casa de um amigo na Rua Duque de Caxias quando dois homens de bicicleta passaram e atiraram na direção do jovem, mas acertaram a criança.

Os criminosos fugiram em seguida e um deles acabou sendo encontrado morto em Paracatu. A polícia não soube informar se os bandidos que mataram o rapaz chegaram até ele após a live ou se já sabiam do seu paradeiro.

Em resposta ao g1, a Polícia Civil informou que “realizou os primeiros levantamentos e a coleta de vestígios que irão subsidiar a investigação. O corpo da vítima foi encaminhado ao Posto Médico-Legal para ser submetido ao exame de necropsia”.

A Civil informou ainda que na madrugada desta terça (31) “outro adolescente, de 17 anos, apontado como possível suspeito do homicídio foi conduzido à delegacia de plantão, onde os procedimentos de polícia judiciária encontram-se em andamento”.

Por g1 Triângulo — Paracatu

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados