HORA CERTA:

NÍVEL DA REPRESA: 63,20%

TEMPERATURA: 27°C

Benjamim Guimarães: como um patrimônio vira novela

Único remanescente das embarcações do tipo que navegaram pelo Rio São Francisco definha há 10 anos à espera de restauração. Prefeitura de Pirapor faz nova promessa

crédito: Ivan Rodrigues/Divulgação – 10/2/2021

O processo de restauração do barco a vapor Benjamim Guimarães, que já se arrasta há uma década, ganha importância extra e uma nova promessa de que, finalmente, vai sair do papel. Depois de acordos, definições e descumprimentos de prazo, segundo a Prefeitura de Pirapora, no Norte de Minas, proprietária da embarcação, a previsão é de que ainda este ano o barco seja finalmente entregue à população.
A histórica embarcação de 1913 agora é o último exemplar entre os barcos de locomoção a vapor que navegaram pelo Rio São Francisco, depois que um incêndio destruiu o vapor São Salvador, em 21 de outubro, na cidade de Ibotirama, na Bahia.

Com isso, a preservação do Benjamim Guimarães ganhou ainda mais importância. A embarcação foi tombada em 1985 pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha).
Desde 2013, o processo de restauração se arrasta sem definição. O Iepha informou, em nota, que “já realizou a entrega do projeto completo de restauração, flutuabilidade e navegabilidade do Vapor Benjamin Guimarães. E a sua execução se encontra a cargo da prefeitura municipal de Pirapora que é sua proprietária e responsável pela execução da restauração”.

Os recursos para a reforma serão custeados pelo Executivo municipal, via financiamento pelo Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG). Procurada, a Prefeitura de Pirapora informou, também em nota, que um engenheiro naval está finalizando providências em relação a ponderações que o BDMG fez sobre o projeto de restauração, e que tão logo o financiador aprove as adaptações, será feita a licitação. A previsão, diz o município, é que até o próximo ano o serviço esteja concluído e a embarcação, liberada.

Fonte:ESTADO DE MINAS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados