HORA CERTA:

NÍVEL DA REPRESA: 63,20%

TEMPERATURA: 27°C

Governo anuncia fim da taxa extra e conta de luz pode ficar 20% mais barata

MME decidiu, nesta quarta (6/4), antecipar o fim da bandeira de escassez hídrica para o dia 15 de abril, devido a alta nos reservatórios

Bandeira vermelha na conta de luz será retirada em 15 de abril (foto: Barbara Cabral/ Esp.CB/DA.Press)

O Ministério de Minas e Energia (MME) anunciou, nesta quarta (6/5), a antecipação do fim da bandeira de escassez hídrica para o dia 15 de abril. O governo estima que a decisão gere economia de até 20% na conta de luz residencial.

Segundo o governo, a decisão foi tomada porque os reservatórios estão “muito mais cheios” do que no ano passado, e portanto foi possível reduzir a utilização das termelétricas. O anúncio do ministério ainda afirma que a previsão é de bandeira verde até o fim do ano, com a “manutenção das atuais condições de chuva”.

“Os usos múltiplos da água foram preservados. O reservatório da usina de Furnas terminou março acima de 80% do volume útil. E já foi retomada a operação da hidrovia Tietê-Paraná”, diz o MME, em nota.

“Com essa medida e o aumento da produção das hidrelétricas e das fontes eólica e solar, os custos serão menores durante o próximo período seco, que vai de maio a novembro. Isso se traduzirá em menores tarifas para os consumidores”, diz a nota.

Fonte: Estado de Minas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados