HORA CERTA:

NÍVEL DA REPRESA: 66%

TEMPERATURA: 28°C

Mulher morre atropelada em Curvelo enquanto corria atrás de homem que colocou fogo na casa de sua vizinha

Segundo a PM, o motorista envolvido no atropelamento contou que seguia por um desvio na rodovia, que passa por obras, quando uma pedestre entrou repentinamente na frente de seu veículo. O acidente ocorreu em Curvelo.

Local onde o acidente ocorreu — Foto: Polícia Militar Rodoviária

Uma mulher, de 31 anos, morreu atropelada por um caminhão na BR-135, em Curvelo, nesse domingo (26). Segundo as informações levantadas pela Polícia Militar Rodoviária, o acidente ocorreu quando ela corria atrás de um homem que colocou fogo na casa de sua vizinha.

O motorista envolvido no atropelamento contou a PM que seguia por um desvio na rodovia, que passa por obras, quando uma pedestre entrou repentinamente na frente de seu veículo. A vítima portava uma faca no momento em que foi atingida.

O condutor foi submetido ao teste do bafômetro, que deu negativo para a ingestão de álcool. Durante buscas no caminhão dele, os militares apreenderam uma espingarda. Apesar do homem ter apresentado a documentação da arma e a guia de tráfego especial, o documento não mencionava o trajeto que ele poderia fazer, por isso ele foi conduzido à delegacia.

Sobre a arma, ele afirmou que estava seguindo de São Paulo para a zona rural de Rio Pardo de Minas, onde tem uma propriedade. O motorista falou ainda que iria frequentar um clube de tiro em Taiobeiras.

Sobre o incêndio

De acordo com informações da PM, um homem, que ainda não foi encontrado, colocou fogo na casa de uma mulher com quem teria se relacionado. Ele teria agido dessa forma diante da negativa dela em ficar com ele novamente.

A vizinha, vítima fatal do acidente, tentou intervir ao ver que o homem invadiu a residência e ateou fogo no local. Por conta do incêndio, ela entrou em atrito com ele e correu atrás dele, que jogou uma pedra em sua direção.

Ainda conforme a PM, ao se deparar com a situação, o filho dela, de 15 anos, também correu atrás do homem, que seguiu na direção da BR-135. Durante a briga, os três atravessaram a rodovia e mulher acabou sendo atropelada.

O filho da vítima fatal falou que mesmo diante do atropelamento, o homem fez ameaças por meio do telefone.

A ocorrência mobilizou ainda o Corpo de Bombeiros e a perícia da Polícia Civil.

A PM fez buscas pelo suposto autor das ameaças e do incêndio, mas ele não foi localizado até a publicação mais recente desta reportagem.

Por g1 Grande Minas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados