HORA CERTA:

NÍVEL DA REPRESA: 66%

TEMPERATURA: 28°C

Mulher que se juntou aos coletores de lixo dançando em frente academia fala sobre momento: ‘a alegria deles em trabalhar me contagiou’

A mulher que se juntou à dança dos coletores e o professor da academia contam sobre a alegria contagiante da dupla de coletores, com as dancinhas em frente ao local.

Vídeo de coletores de lixo dançando em frente academia viraliza em MG

Deivson Catarino de Almeida e Hyusgley Cristhyan viralizaram em um vídeo que mostra a dupla de coletores de lixo dançando em frente a uma academia em Uberlândia, na sexta-feira (24). No vídeo, uma mulher que passava pela rua se junta à dupla e aos funcionários da academia na dança.

A mulher do vídeo, que é a massouterapeuta humanizada Viviane Gomes dos Santos Rodrigues, contou ao g1 que se juntou à dança em um impulso, ao ver o entusiasmo dos coletores.

“Eu passei pelo caminhão [de lixo] mais atrás, no início do bairro, e eles naquela alegria em cima do caminhão”.

No vídeo, é possível ver a mulher com o carro parando, então ela desce e se junta aos coletores dançando. Viviane disse que ficou impressionada com a alegria da dupla e resolveu participar, mesmo sem conhecer eles.

“O meu dia, naquele dia, já estava bom e ficou muito melhor. A energia e a alegria deles em trabalhar me contagiou. Nem pensei, quando eu vi já estava lá no meio deles dançando.”

Deivson contou que sempre que passavam pela academia Cross Experience Dom Almir, na Avenida Dom Almir, ouviam música tocando. Um dia a dupla começou a dançar em frente ao local e nunca mais parou. “Nosso dia a dia é sempre assim. Trabalhamos sempre alegres, com um sorriso no rosto”.

No dia em que o vídeo foi gravado, a dupla estava em mais uma das “dancinhas”, que virou hábito na rua da academia, quando Viviane surgiu. “Apareceu aquela moça para dançar com a gente e eu fiquei mais feliz ainda”.

“Muita gente sai para trabalhar emburrado. Enquanto eles estavam ali trabalhando, e é uma profissão mais difícil porque enfrenta sol, chuva, frio, calor, lida com o mau cheiro, e mesmo assim naquela alegria toda”, comentou Viviane.

Dancinhas com o pessoal da academia

Segundo Deivson, a dupla já é conhecida pelo pessoal do estabelecimento, mesmo que as interações sejam apenas “dançantes”. Todo dia de coleta de lixo (segundas, quartas e sextas-feiras) o encontro acontece.

O professor da Cross Experience Dom Almir, Wellyson Alves Teixeira, contou que espera eles passarem nos dias de coleta para terem o momento especial de dancinhas. “Eles tem uma energia!”.

“Eles passam por lá toda semana fazendo o trabalho deles. E a dancinha já fizemos mais vezes.”

Deivson comentou que ele e Hyusgley sempre participam da dança com o profissional de educação física. “O professor nos cumprimenta… Eles são um pessoal muito gente boa.”

Hyusgley, o outro membro da dupla de coletores, contou que é a mesma alegria sempre que passam em frente a academia.

“Por mais que o nosso trabalho seja pesado, a gente busca sempre colocar um sorriso no rosto. Porque a vida não é nada sem essa alegria.”

Hyusgley também falou que a dupla pensa em começar a gravar vídeos mostrando a rotina do trabalho e a alegria contagiante.

Por g1 Triângulo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados