HORA CERTA:

NÍVEL DA REPRESA: 63,20%

TEMPERATURA: 27°C

‘Não voto em preto’: vereador de João Pinheiro é vítima de racismo em grupo de WhatsApp

Homem de 40 anos que compartilhou falas racistas foi indiciado.

Conversa em grupo de WhatApp anexada à investigação — Foto: Divulgação

A Polícia Civil de Minas Gerais concluiu na terça-feira (30) o inquérito que apurava o crime de injúria racial cometido contra um vereador de João Pinheiro, no Noroeste de Minas Gerais. O indiciado é um homem de 40 anos que compartilhou falas racistas em grupo de WhatsApp no dia 27 de janeiro.

Conversa com fala racista contra o vereador — Foto: Divulgação

O g1 conversou com o vereador, que preferiu não se identificar, e teve acesso ao conteúdo. Nas mensagens, o homem diz que o grupo de candidatura à Prefeitura no qual o político faz parte é composto por “carniças” e que não vota em candidatos pretos, somente em brancos.

Com a conclusão, o inquérito será analisado pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), que definirá se apresentará denúncia.

Por g1 Triângulo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados