HORA CERTA:

NÍVEL DA REPRESA: 63,20%

TEMPERATURA: 27°C

Servidora pública é indiciada por desvio de quase R$ 2,5 milhões durante 13 anos em MG

Polícia Civil também pediu o bloqueio de bens da servidora, que exercia o cargo de agente administrativo. Segundo a investigação, a mulher recebeu pagamentos que deveriam ser feitos para uma autarquia de Patrocínio, no Alto Paranaíba.

Inquérito servidora pública agente administrativo autarquia Patrocínio — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Uma servidora pública foi indiciada pelo desvio de quase R$ 2,5 milhões de uma autarquia de Patrocínio. Segundo a Polícia Civil, o inquérito concluiu que houve crime de peculato e inserção de dados falsos em sistema de informações ao longo de 13 anos.

A investigação começou a partir de informações repassadas pela direção da autarquia. Conforme a denúncia, a servidora de 42 anos, que não teve o nome divulgado, exercia o cargo de agente administrativo e estava desviando dinheiro através de fraude na alimentação dos sistemas e de relacionamento direto com os próprios segurados.

A investigação apontou que a suspeita entrava em contato com os beneficiários da autarquia alegando que eles precisavam realizar um pagamento diretamente a ela, devido a problemas no desconto em folha referente a consultas e exames médicos.

Assim, a mulher se apropriou de R$ 2.481.380,05, que deveriam ir para o cofre da autarquia. Ainda de acordo com a investigação, a servidora alimentava os sistemas informatizados dando baixa nos valores devidos, impedindo a remessa de informações aos setores de pagamento e a cobrança regular.

Além do indiciamento, a Polícia Civil também pediu o bloqueio de bens e ativos da mulher para que o prejuízo seja ressarcido.

Por g1 Triângulo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados