HORA CERTA:

NÍVEL DA REPRESA: 63,20%

TEMPERATURA: 27°C

Vencimento da 2ª parcela do IPVA em MG começa nesta segunda

Consulta de valores pode ser feita no site da Secretaria de Estado de Fazenda.

Motoristas já podem consultar o valor do IPVA 2022 em Minas Gerais. — Foto: Manoela Borges/TV Globo

O vencimento da segunda parcela do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) começa nesta segunda-feira (25). O cronograma já havia sido divulgado pelo governo e os valores são os mesmos praticados no ano passado.

roprietários de veículos que têm placas com finais 1 e 2 devem fazer o pagamento nesta segunda-feira (25). A programação segue durante toda a semana, sempre com dois finais de placa por dia.

Veja a tabela abaixo:

Veja o cronograma de pagamento do IPVA — Foto: Governo de MG/Divulgação

O índice de reajuste do imposto foi congelado pela lei 24.029, proposta pelo legislativo estadual. Por isso, os valores são equivalentes aos praticados em 2021. Caso fosse utilizado o indicador padrão, a partir da tabela Fipe, o reajuste seria, em média, de 22,8%.

Para onde vai a arrecadação do IPVA

Os valores arrecadados com o imposto são distribuídos da seguinte forma:

  • 40% para o caixa único do estado;
  • 40% para municípios onde os veículos são emplacados;
  • 20% para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

De acordo com o governo do estado, Minas Gerais já arrecadou R$ 3,9 bilhões com o IPVA até o dia 20 de abril. A previsão é de R$ 7,1 bilhões. O valor é 10,25% maior do que o arrecadado em 2021, que resultou em R$ 6,4 bilhões aos cofres públicos.

Segundo o executivo estadual, houve aumento na frota de carros emplacados em Minas. São mais 194.911 veículos, passando de 10.419.557 para 10.614.498.

Valores e pagamento

A consulta do valor do imposto está disponível no portal da Secretaria de Estado da Fazenda (SEF-MG), também nos celulares, por meio do MG App, ou ainda pelo telefone 155. É preciso informar o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam).

O não pagamento do imposto ou a quitação fora do prazo gera multa de 0,3% ao dia até 30º dia, multa de 20% após o 30º dia, além de juros calculados pela Taxa Referencial do Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic).

Confira onde o imposto pode ser pago:

  • Bradesco
  • Sicoob
  • Mercantil do Brasil
  • Caixa Econômica Federal
  • Casas lotéricas
  • Mais BB
  • Banco Postal Brasileiro
  • Itaú
  • Santander

O contribuinte também pode emitir o Documento de Arrecadação pelo site da SEF/MG.

Fonte: Por g1 Minas — Belo Horizonte

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados