HORA CERTA:

NÍVEL DA REPRESA: 63,20%

TEMPERATURA: 27°C

Babá é suspeita de queimar criança de 3 anos com ferro de passar em Patos de Minas

Criança ficou internada em hospital de Patos de Minas. Foto: Reprodução Google Street View


“Aquela mulher é muito má, ela me queimou com ferro”, essa foi a frase de uma criança de 3 anos que foi internada no Hospital Regional Antônio Dias, em Patos de Minas, no Alto Paranaíba, com queimaduras nos pés, nas mãos e nas nádegas. A criança se referia a babá, de 27 anos, que é suspeita do crime.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada por conselheiros tutelares que encontraram a menina com uma queimadura, nas nádegas, em formato de “v”, semelhante a ponta de um ferro de passar roupas. A garota ainda tinha queimaduras nas mãos e sola dos pés.

A mãe contou que, na última sexta-feira (25), deixou a filha com a babá e saiu para trabalhar. Quando pegou a criança percebeu que havia queimaduras na sola dos pés dela e muita pomada. Depois ela viu que a filha tinha queimaduras em outras partes do corpo e alguns machucados no rosto.

A mulher disse que socorreu a criança para uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) e foi orientada a ir para o hospital. O pai da menina foi até a casa da babá, mas ela não deu nenhuma informação sobre o ocorrido.

Para os policiais, a criança disse que a mulher era má e que a queimou. Os militares foram até a casa da suspeita e ela negou o crime. Na versão dela, a criança se queimou em barras de ferro que estavam no quintal da casa dela. Ela disse também que não reparou se a menina tinha machucados na face quando foi entregue na casa dela.

A criança teve queimaduras de 2º grau e precisou ficar internada. A suspeita não foi presa por que a ocorrência foi registrada no sábado (26) quando já tinha passado o período de flagrante. O caso foi encaminhado à Polícia Civil para investigações. 

Fonte: O Tempo – Por NATÁLIA OLIVEIRA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados