HORA CERTA:

NÍVEL DA REPRESA: 63,20%

TEMPERATURA: 27°C

Frente fria se aproxima de Minas, trazendo chuva e queda nas temperaturas

Frente fria vai se alastrar pelo estado no fim de semana. Mínima é de 3ºC na Serra da Mantiqueira. Temperaturas devem cair ainda mais na semana que vem.

Foto: Grupo Três Marias Já.

Uma frente fria está se aproximando da Região Sudeste do Brasil e deve causar uma queda acentuada nas temperaturas em Minas Gerais a partir do fim de semana. A umidade do ar também aumentará, com possibilidade de chuva leve já nesta sexta-feira em Belo Horizonte e chuvas isoladas nos dias seguintes.

Nesta sexta-feira (10/6), a mínima em Belo Horizonte é de 14ºC, com máxima de 26ºC. A previsão é de céu nublado e há possibilidade de chuva leve pela noite.
No Sul de Minas, Zona da Mata e Campo das Vertentes, a previsão é de chuva forte entre quinta e sexta-feira (10/6). No fim de semana, as temperaturas caem, e a chance de chuva diminui.

Fim de semana de frio

Atrás da frente fria, chega uma massa de ar polar vinda do sul, que deve causar uma queda acentuada da temperatura. A previsão é de vento forte, em especial pela manhã, que aumenta a sensação de frio.
O frio acometerá as regiões do Sul de Minas e Triângulo Mineiro já neste sábado. A partir do domingo, alastra-se pelo estado, com possibilidade de geada no Sul.
A mínima será de 3ºC na Serra da Mantiqueira. Em Belo Horizonte, as temperaturas devem ficar entre 15ºC e 24ºC no domingo, com previsão de chuva fraca, isolada e ocasional. A umidade relativa do ar esperada é de 90% pela manhã e 40% à tarde.
Na semana que vem, as temperaturas caem ainda mais no estado. A partir de terça-feira, os termômetros marcarão 12ºC em BH. Em Monte Verde, no Sul de Minas, a mínima será de 3ºC, com máxima de 14ºC. Os dados são do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Massa polar e frente fria

Segundo o meteorologista Ruibran dos Reis, do ClimaTempo, frente fria é uma região que separa duas massas de ar com características diferentes.

“Temos, agora, uma massa de ar quente atuando e uma massa de ar fria vindo do sul. A região que separa as duas massas é a frente fria, com pressão atmosférica baixa que favorece a formação de nuvens e ocorrência de chuvas”, frisou.
“Já a massa de ar polar é uma massa de ar gelado, com milhares de quilômetros de distância. Essa massa polar está atuando agora na Argentina, passará pelo sul do Brasil e chega até o litoral sudeste”, acrescentou.

De acordo com Ruibran dos Reis, a massa de ar deve trazer muita umidade do oceano Atlântico para o continente.

*Estagiário sob supervisão da subeditora Fernanda Borges

Fonte: Estado de Minas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados