HORA CERTA:

NÍVEL DA REPRESA: 66%

TEMPERATURA: 28°C

Governo de Minas e Cemig lançam edital para período natalino de 2023, vão ser R$ 5 milhões para iniciativas nas Cidades

Ao todo, vão ser destinados R$ 5 milhões para iniciativas culturais com temática natalina em diferentes cidades de Minas Gerais, além de regiões centrais e periféricas de BH

Praça da Liberdade é um dos pontos mais tradicionais para a decoração natalina de BH — Foto: Ramon Bitencourt

Faltando pouco mais de dois meses para o Natal, já começam a surgir decorações, eventos e planos para o festejo natalino de 2023. Em Minas Gerais, uma programação com foco na cultura e turismo é a aposta do Governo do Estado para colocar a região como um dos principais destinos de fim de ano. O edital Natal da Mineiridade Cemig 2023, uma parceria da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) e a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), lançado nesta segunda-feira (9 de setembro), vai destinar R$5 milhões para iniciativas culturais em Belo Horizonte e cidades do interior.

“Temos a tradição de concentrar o Natal na praça da Liberdade e a Cemig faz a iluminação. Mas com uma nova política, entendemos que é necessário, além da praça, incluir a periferia para que as pessoas se sintam envolvidas com o Natal. O mesmo vale para interior. Nosso  intuito é abraçar as cidades com a diversidade cultural”, disse o chefe da Secult, Leônidas Oliveira.

Festejos, cantatas, presépios são algumas das atrações esperadas para compor o período natalino de 2023 em Minas Gerais. “Podem participar projetos inscritos e aprovados na Lei de Incentivo ao Estado. Projetos de Natal e atividades relacionadas ao Natal, como gastronomia, atividades culturais, música, teatro, cantatas e espetáculos, sobretudo os projetos de valorização da cidade, de embelezamento,  através da decoração natalina”, detalha Oliveira.

A verba para todas as iniciativas será de R$ 5 milhões e dividida entre os municípios. Para Belo Horizonte, serão R$ 1 milhão para região central e R$ 1 milhão para a periferia. Os outros R$ 3 milhões serão encaminhados aos municípios do Estado.

“Este recurso, que é da Lei de Incentivo Estadual, reitera nosso compromisso com a cultura e com a economia criativa. Minas Gerais está caminhando para o lugar que sempre deveria estar, lugar de destaque, com evidência a todas as riquezas culturais que temos em nosso Estado”, pontua a diretora de Comunicação Empresarial e Sustentabilidade da Cemig, Cristiana Kumaira.

Ampliação das cidades participantes

No ano passado, segundo a Secult, participaram do Natal da Mineiridade 250 municípios do Estado. Este ano, são esperados 450 municípios.

“Normalmente, os municípios fazem seu Natal de forma independente, e o que a Secult e a Cemig vão fazer este ano com esses locais que não recebem recursos diretos é a promoção do Natal da Mineiridade com a criação de um catálogo e colocando o destino Minas Gerais para dentro do Estado e para fora como destino de natal. Então, a parte de marketing e promoção turística é tão importante quanto o que fazermos a iluminação ou a decoração em si”, completou Leônidas Oliveira.

As inscrições começaram nesta segunda-feira (9) e vão até o dia 30 de outubro. Até o dia 22 de novembro serão feitas as análises técnicas dos projetos e o resultado final será divulgado em 4 de dezembro. O edital completo está em www.cemig.com.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados