HORA CERTA:

NÍVEL DA REPRESA: 66%

TEMPERATURA: 28°C

Operação Casa de Papel, da Polícia Civil, cumpriu dez mandados de busca e apreensão em Três Marias, Belo Horizonte, Contagem e Pará de Minas.

Organização criminosa que atuava no roubo de carros de alto padrão é desarticulada na Grande BH

Operação Casa de Papel desarticulou organização criminosa na Grande BH — Foto: PCMG / Divulgação

A Polícia Civil cumpriu 10 mandados de busca e apreensão com o objetivo de desarticular uma organização criminosa especializada no roubo de carros em cidades da Grande BH.

Nesta quarta-feira (26), a instituição divulgou os resultados da operação Casa de Papel, que envolveu 60 policiais da Delegacia Especializada de Furto e Roubo de Veículos nas cidades de Belo Horizonte, Contagem, na Região Metropolitana, Pará de Minas, no Centro-Oeste do estado, e Três Marias, na Região Central.

A quadrilha roubava os carros, preferencialmente caminhonetes de alto luxo, adulterava os documentos e vendia os veículos com preços abaixo do mercado.

“Já foram identificados 20 veículos subtraídos, adulterados e revendidos, causando prejuízo em torno de R$ 4 milhões. E, com as provas arrecadadas, a gente já viu, logo após as apreensões, que vários outros veículos poderão ser identificados. Além disso, eles possuíam um núcleo de lavagem de dinheiro muito bem estruturado, com utilização de laranjas e empresas de fachada”, disse o delegado Domiciano Monteiro.

Documentos frios, cadernos de contabilidade, armas e celulares também foram apreendidos.

Segundo os policiais, as investigações começaram há cerca de cinco meses e levaram à identificação de um “complexo e organizado esquema envolvendo subtração e adulteração de veículos, receptação, estelionato e lavagem de dinheiro”. Sete pessoas já foram presas.

De acordo com a polícia, o grupo criminoso é composto por dez membros, nove deles já com passagens policiais por crimes como furto, roubo, receptação de veículos e homicídio.

Na casa do líder da organização, um homem conhecido como “professor”, em referência à série que deu nome à operação, localizada em Três Marias, foram apreendidas máscaras similares às utilizadas no seriado, além de fotografias com os disfarces.

Fotografias do grupo, com máscaras similares ao famoso seriado, foram encontradas durante as buscas — Foto: PCMG / Divulgação

Por Christiano Borges e Graciela Andrade, g1 Minas e TV Globo — Belo Horizonte

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados