HORA CERTA:

NÍVEL DA REPRESA: 66%

TEMPERATURA: 28°C

PC prende acusado de matar o próprio primo e deixar corpo dentro de porta-malas na BR-040 em João Pinheiro

Investigações apontaram que a vítima e o autor fizeram uso de bebida alcoólica antes do crime

Foto: JP Agora

O principal suspeito de ter matado Adriano Rodrigues Fonseca, de 32 anos, no dia 15 de abril e de ter deixado o corpo dentro do porta-malas de um veículo às margens da BR-040, em João Pinheiro, foi preso pela Polícia Civil na manhã desta terça-feira. O suposto autor é primo da vítima e o crime teria acontecido por um desacordo comercial.

Segundo apurado pelo JP Agora, as investigações concluíram que a motivação do crime foi um desacerto comercial. O suspeito teria ficado no prejuízo na negociação de um veículo, o que teria o levado a tirar a vida de Adriano, seu primo.

O suspeito foi identificado como José João, conhecido como Dondinho, e foi preso por determinação da justiça, que decretou sua prisão preventiva. Ele foi localizado em uma fazenda na região conhecida como Facão.

A identificação do suspeito foi possível graças ao trabalho exemplar da Polícia Civil de João Pinheiro, já que o local onde o corpo foi encontrado é ermo e o crime não foi filmado por nenhuma câmera de segurança que pudesse corroborar com as investigações.

Relembre o caso

O corpo de Adriano foi encontrado dentro do porta-malas de um veículo na sexta-feira (15) na rodovia BR 040, próximo à Serra da Coenge, em João Pinheiro. A vítima apresentava afundamento craniano.

A lesão encontrada na cabeça é compatível com pauladas. A Polícia Rodoviária Federal esteve no local e registrou uma ocorrência.

O corpo foi encaminhado para o IML de Paracatu. Adriano Rodrigues era morador do Bairro Primavera. Familiares e amigos se despediram no velório São João Batista, em João Pinheiro.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados