HORA CERTA:

NÍVEL DA REPRESA: 63,20%

TEMPERATURA: 27°C

Pinheirense é morto com 6 tiros em Paracatu; vítima foi perseguida por indivíduos que estavam em um Fiat Uno

Criminosos ainda não foram localizados e polícia segue realizando trabalhos investigativos

Um pinheirense de 29 anos foi morto a tiros no Bairro JK, em Paracatu, na noite desta segunda-feira, 17 de abril. Nascido em João Pinheiro, Samuel Oliveira Suarin foi abordado na porta de sua residência e foi perseguido por indivíduos que estavam em um Fiat Uno de cor prata. Os autores ainda não foram localizados.

Segundo apurado pelo JP Agora, o crime aconteceu por volta das 22 horas. As primeiras denúncias recebidas pelo 190 apontavam que havia um veículo Fiat Uno de cor prata perseguindo um homem pela Rua Torre Mestre, no Bairro JK. Uma guarnição foi até o local imediatamente, mas infelizmente já encontrou o homem que estava sendo perseguido já sem os sinais vitais.

A vítima tratava-se de Samuel Oliveira Suarin, de 29 anos. Natural de João Pinheiro, ele foi atingido por 6 tiros, sendo três na coxa direita, duas na mão esquerda e uma na testa. O local foi imediatamente isolado e a perícia técnica foi acionada. Uma carteira contendo documentos e cartões de crédito foi apreendida próximo ao local.

Durante os trabalhos preliminares de investigação, a PM ouviu a esposa da vítima, que contou que o marido estava na academia e chegou em casa, buzinou para que ela abrisse o portão e, neste momento, o veículo Fiat Uno de cor prata se aproximou. Samuel, então, começou a correr e foi perseguido, sendo morto na sequência.

A mulher contou, ainda, que o marido não possuía desavenças e que havia se envolvido em uma confusão no ano passado, mas que, naquela ocasião, ele não era alvo dos criminosos. O caso foi registrado e será investigado pela Polícia Civil de Paracatu.

Fonte: JP Agora

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados