HORA CERTA:

NÍVEL DA REPRESA: 63,20%

TEMPERATURA: 27°C

Veja como desabamento de trecho da BR-365 em MG vai impactar a logística para motoristas

Tempo de viagem, distância e gastos aumentam com as rotas alternativas. Erosão levou parte da rodovia na noite de segunda-feira (6); trecho segue sem previsão para liberação.

Cratera aberta na BR-365 no Distrito de Flor de Minas, em Gurinhatã — Foto: Mônica Santos/g1

As novas rotas da Ecovias do Cerrado para contornar o desabamento na BR-365, em Gurinhatã, vão afetar a logística dos motoristas. Entre os impactos estão o tempo de viagem, a distância dos trajetos e os gastos, que vão aumentar.

O g1 avaliou os percursos apresentados pela concessionária que administra a rodovia e como os novos caminhos vão afetar a rotina dos condutores. Confira:
Distância de deslocamento e tempo de trajeto
Goiás sentido Uberlândia: A nova alternativa recomendada para os motoristas que saem de Goiás com destino a Minas Gerais, pela BR-452, tem aproximadamente 366 km de percurso. Assim, houve um acréscimo de 87 km.
O tempo de deslocamento também fica maior, quase dobrando, levando 5 horas e 1 minuto.

Rota alternativa de GO para MG, acrescenta, no mínimo, 87 km no trajeto. — Foto: Reprodução/ Google Maps

Ituiutaba sentido Goiás: A nova rota sugerida, passando por Monte Alegre de Minas e por Itumbiara (GO), com destino a Paranaiguara (GO), tem 286 km e 3 horas e 54 minutos de duração. O aumento, neste caso, é de 81 km e 1 hora e 19 minutos a mais de trajeto em comparação a rota tradicional, pela BR-365.

Rota Ituiutaba Go — Foto: Reprodução/ Google Maps

Gasolina
Considerando o preço médio da gasolina nesta terça-feira (7), segundo a Petrobras, como R$ 4,97, e o consumo de um carro popular 1.6 flex, como 10,7 km por litro:
Para o percurso indicado de Goiás, sentido Uberlândia, tem-se um custo adicional de R$ 40,41
Para o percurso indicado de Ituiutaba até Goiás, tem-se um custo adicional de R$ 37,26.

Pedágios BR-365
O condutor que partir de Ituiutaba, passando pelo Trevão próximo a Monte Alegre de Minas, irá se deparar com um pedágio da Ecovias do Cerrado.
As tarifas para automóveis têm valor único de R$ 5,20.
Para caminhões e ônibus, o preço varia a partir da quantidade de eixos, com o preço inicial de R$ 10,40.
Para motocicletas, o valor é de R$ 2,60.

Por Kauê Altrão*, g1 Triângulo — Gurinhatã

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados